YAGO DORA É VICE-CAMPEÃO NA ÚLTIMA ETAPA DO MUNDIAL DE SURF ANTES DE SAQUAREMA

YAGO DORA É VICE-CAMPEÃO NA ÚLTIMA ETAPA DO MUNDIAL DE SURF ANTES DE SAQUAREMA

Por: Saquarema da informações 


O catarinense Yago Dora ficou muito perto de conquistar a segunda vitória brasileira seguida no World Surf League (WSL) Championship Tour (CT) 2024. Ele até tirou a maior nota da decisão do Surf City El Salvador Pro contra John John Florence, mas o havaiano conseguiu o primeiro título em sua quarta final nas sete etapas desse ano. O bicampeão mundial tinha perdido para Italo Ferreira nos tubos de Teahupo´o e agora disparou na liderança do ranking.

Na final feminina, a atual campeã mundial Caroline Marks, derrotou a havaiana Gabriela Bryan e festejou um inédito bicampeonato nas direitas de Punta Roca. Os melhores surfistas do mundo agora partem para o Brasil, para disputar o Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema que começa em 22 de março, mas no dia 21 à noite tem festa de abertura com uma apresentação especial de drones e show do Papatinho na Praia de Itaúna.

“Foi incrível e estou muito feliz, foi um grande evento para mim”, disse Yago Dora. “Eu estava com muita vontade de vencer, mas o John John (Florence) veio surfando superforte e eu não consegui outra onda no final. Mesmo assim, estou orgulhoso de mim mesmo pelo desempenho que consegui aqui nesses dias. Quero agradecer à minha namorada, ao Jack (Robinson), a Brisa (Hennessy) e a Caity (Caitlin Simmers). Nos divertimos bastante e vamos manter essa energia. Obrigado por tudo El Salvador, por todo apoio que recebi aqui na praia”.

Yago Dora agora vem defender o título do Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema, conquistado com um aéreo nota 10 contra o australiano Ethan Ewing no Maracanã do surfe brasileiro. A final em El Salvador, foi a segunda da sua carreira na divisão de elite do esporte e a vitória o levaria para a quinta posição no ranking, no grupo dos top-5 que vão disputar o título da temporada no Lexus WSL Finals, em setembro em Trestles, na Califórnia. Gabriel Medina também entraria nessa lista se passasse para a final no domingo, mas foi aniquilado pelo ataque aéreo do Yago Dora nas semifinais.

Foto: Aaron Hughes/World Surf League
Com informações, WSL.

Comentários