Prova de concurso às escuras, na UFF, gera indignação

Prova de concurso às escuras, na UFF, gera indignação em Niterói
Campus da Praia Vermelha ficou sem luz por horas


Candidatos que realizaram o concurso público da Caixa Econômica Federal, no último domingo (26), reclamam que fizeram a prova às escuras, no campus da UFF da Praia Vermelha, em São Domingos, na Zona Sul de Niterói.

Isso porque a unidade estava sem energia elétrica, no momento em que foi aplicada a avaliação. Segundo a autônoma Joice Lauria, de 37 anos, o campus ficou sem luz em quase todo o período da prova, que teve início às 13h.Ela ainda denuncia que os fiscais só avisavam sobre a situação, após os candidatos entrarem nas respectivas salas, já com os celulares confiscados.

Faltando pouco menos de uma hora para o término da avaliação, por volta das 17h, que a energia elétrica voltou, garante a denunciante.

Me senti prejudicada. Todos fizeram a prova, mas estava sem luz, estava difícil para enxergar. Eu adiantei a redação no início, mas a medida que foi escurecendo, ficou praticamente impossível de enxergar e escrever. Como vou fazer cálculos complexos de matemática financeira ou ler em inglês, sem ter luz? Tive que fazer a prova do jeito que deu,Ainda de acordo com Joice, a apreensão tomou conta dos canditados que estudaram para a prova. Por conta da situação, muitas pessoas não conseguiram focar na avaliação.

"A ansiedade e angústia tomou conta de todos. Os fiscais esperaram todos entrarem nas salas e estarem com os celulares guardados para comunicar a falta de luz. Aí quando começou a prova tivemos que correr para tentar fazer antes de escurecer. Um rapaz do meu lado não parava de perguntar a hora para o fiscal, mas isso piorou a minha ansiedade e eu simplesmente não consegui me concentrar na prova", contou Joice, que também afirmou que vai entrar com recurso por se sentir prejudicada.

O que dizem os citados?
Procurada, a Cesgranrio, banca examinadora do concurso, ainda não informou se uma nova prova pode ser aplicada aos canditatos prejudicados.

A Universidade Federal Fluminense (UFF), assim como a Enel Distribuição Rio, concessionária responsável por fornecer energia elétrica na região, ainda não se posicionaram sobre o caso.

O concurso
O concurso da Caixa Econômica Federal ofereceu 4.050 vagas para todo o Brasil, sendo 4 mil de nível médio para os cargos de Técnico Bancário Novo e Técnico Bancário em TI e 50 vagas de nível superior para os cargos de Médico do Trabalho e Engenheiro de Segurança do Trabalho. As remunerações ofertadas variam entre R$ 3.762.00 a R$ 14.915,00.

Somente candidatos vinculados ao polo do Rio Grande Sul não realizaram as provas em decorrência da tragédia que assola o estado há cerca de 1 mês. Uma nova prova deve ser feita para os afetados.

Para quem for aprovado, a convocação será a partir de setembro deste ano.

Comentários