FUNCIONÁRIOS ESQUECEM ÚLTIMA SESSÃO, VÃO EMBORA E PÚBLICO FICA PRESO EM CINEMA DO RIO

FUNCIONÁRIOS ESQUECEM ÚLTIMA SESSÃO, VÃO EMBORA E PÚBLICO FICA PRESO EM CINEMA DO RIO



Cerca de 40 pessoas gritaram por socorro de dentro de um cinema em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, após funcionários esquecerem da última sessão e irem embora. O aconteceu no último sábado, 27, no Estação Net Rio, e levou cerca de 30 minutos até que o grupo ser libertado. 


“Naquele momento, a gente só queria liberdade. não sabíamos como proceder. Era como se estivéssemos órfãos ali. Olha, que drama, né? A gente ficou sem ação, desesperado. Havíamos acabado de assistir ao filme “Os rejeitados”. E nos sentimos assim: rejeitados”, contou a aposentada Ruth Kauffmann, de 70 anos, na seção de Cartas dos Leitores do jornal O Globo.


De acordo com o relato, o grupo percebeu que algo estava errado quando os créditos finais passaram e as luzes não foram acesas, como habitualmente acontece. No desespero, os espectadores buscaram a porta de saída no escuro e com ajuda das lanternas de celular. No saguão do cinema, descobriram que o lugar estava trancado. 

Foi acionado polícia, bombeiros e até quem passava pela rua. Na grade vazada, Ruth relembra a expressão de espanto das pessoas do lado de fora e percebeu que muitos sequer se aproximaram, com medo. “Essa é a cidade que a gente vive, né?”, diz a idosa. 

A justificativa, segundo eles, é que acreditavam que todas as projeções tinham sido encerradas. Um erro “absurdo e surreal”, classificou Adriana Ratter, sócia-fundadora do grupo de cinema. 

De acordo com o jornal, os funcionários responsáveis foram afastados temporariamente. Com bom humor, Ruth recomendou o filme, onde um grupo é obrigado, contra a vontade, a passar um longo período juntos.

Comentários