FORÇAS DE SEGURANÇA REALIZAM OPERAÇÃO PARA COIBIR A PRESENÇA DE FLANELINHAS NOS PRINCIPAIS PONTOS DA CIDADE

 DE SEGURANÇA REALIZAM OPERAÇÃO PARA COIBIR A PRESENÇA DE FLANELINHAS NOS PRINCIPAIS PONTOS DA CIDADE 

Domingo (9), agentes da Guarda Municipal, do PROEIS e do 25° BPM, realizaram uma operação integrada de combate a presença de pessoas que exploram a cobrança ilegal de estacionamento em áreas públicas, prática conhecida como " flanelagem ".

Com o início das férias de julho é possivel que o número de flanelinhas cresçam nas ruas de Cabo Frio. Buscando impedir que tal fato ocorra, operações como a de hoje, são realizadas desde que o ex- secretário de Direitos Humanos e Segurança, coronel Ruy Franca, assumiu em novembro de 2021. 

Somente em 2023, já foram levados para à 126° Delegacia de Policia, mais de 100 flanelinhas. Na delegacia eles tem sua situação verificada e não tendo nenhuma pendência com a justiça, são liberados. É importante lembrar que a prática de " flanelagem " não consta do código penal como crime. Para que haja crime, o flanelinha precisa ser denunciando por extorsão - a conduta de constranger alguém a fazer, tolerar ou deixar de fazer algo, sob violência ou grave ameaça, com o objetivo de obter vantagem indevida. 

"As operações de combate a flanelagem, transporte irregular de pessoas e também de estacionamento em áreas proibidas, estão mantidas por tempo indeterminado", falou André Magalhães , secretário de Direitos Humanos e Segurança de Cabo Frio.

A operação contou com 06 agentes da Guarda Municipal, 06 agentes da Proeis e 12 agentes do 25°BPM. 05 viaturas, 03 motos e 01 ônibus estão sendo utilizados nesta operação.

IMPORTANTE: A presença de testemunha é fundamental para que a denúncia seja aceita. Nestas ações só existe detenção, quando existe testemunha.
Com informações da página Ln notícias 




Comentários