Se apaixonou pela colega de trabalho?

O que fazer quando arranjou uma crush no trabalho 

A rotina, o contato diário e muitas vezes as conversas que acontecem nos intervalos de trabalho podem acabar estimulando uma certa admiração, que pode não permanecer apenas no campo profissional. No entanto, é preciso ter muita cautela devido ao ambiente de trabalho, principalmente para que isso não venha a prejudicar.


Mas porque os casos de paixões por colegas de trabalho tornaram-se tão comuns? Existem algumas explicações para esse fato. Primeiramente, temos a tendência de gostar de pessoas que têm os mesmos gostos que os nossos: assuntos, músicas, filmes, etc. 


O ambiente de trabalho é algo que favorece o “encontro” de pessoas com os mesmos interesses. Ademais, somado ao fato de que a proximidade que a rotina do emprego traz, promove uma maior interação entre as pessoas. E, quanto mais interagimos com as pessoas, maior a chance de ocorrer uma familiarização. 


Entretanto, existem alguns cuidados necessários por conta de ser um ambiente profissional. Inicialmente, comece verificando a política da empresa. Existem empresas que não permitem relacionamentos entre os empregados. Portanto, antes de oferecer seu coração, fique atento para que isso não coloque sua carreira em risco. 


Uma vez que a relação entre colegas seja permitida, e a pessoa em questão não seja comprometida, demonstre interesse. Você pode perguntar se ela/ele aceita tomar um café em alguns dos intervalos, para iniciar uma conversa fora do ambiente de trabalho. 


Uma vez que seu colega e você se sintam mais à vontade, e o interesse seja mútuo, talvez seja um momento de passar para a próxima etapa. Procure não limitar seu romance para dentro das portas do escritório, convide a pessoa para algo mais casual. 


Lembre-se que, no próximo dia útil você estará cara a cara com a pessoa novamente, no trabalho. Portanto, tenha isso em mente. Agora os dois estarão divididos em dois ambientes - trabalho e vida pessoal - e será preciso diferenciar isto. 


Caso seja uma pessoa com cargo superior ao seu, rumores não tão divertidos podem surgir, como por exemplo sobre a pessoa com cargo mais alto vir a ser a “sugar daddy”. É preciso estar ciente da possibilidade de tais comentários, porém não dê ouvidos. 




Comentários