Quem ama trai de verdade?

Amor e traição são palavras rivais?



Mais do que amor e ódio, amor e traição definitivamente deveriam ser completamente antônimos. Afinal, amar significa ter empatia, gentileza e querer a pessoa amada sempre bem. Já a traição é completamente oposto disso, sua origem está diretamente ligada a fazer o mal e machucar outra pessoa. Quem é infiel não se coloca no lugar do parceiro e mesmo que haja o sentimento de culpa, não vai consertar o dano já feito. 


Querendo ou não, adultério, espalhar os segredos de um amigo ou passar por cima de um familiar é algo muito pesado. Por conta disso, esse é tema que sempre fascinou os seres humanos. Logo, existem diversas obras ao longo da humanidade que retratam essa relação entre um sentimento tão bonito e um ato tão tenebroso. 


O filme Amadeus, de 1984, retrata um cenário que pode desenhar muito bem essa dicotomia entre atos de amor e infidelidade. Nele, é retratado a relação entre os famosos músicos Wolfgang Amadeus Mozart e Antonio Salieri durante os anos que passaram na corte do imperador  do Sacro Império Romano-Germânico, José II. 


Lá é possível acompanhar a disputa entre diferentes músicos por mecenas para que possam patrocinar suas composições. É uma relação bem semelhante a de sugar daddy e sugar baby. Porém, nesse caso, o mecenas dá um apoio financeiro e social ao compositor, enquanto os músicos realizam apresentações em nomes desses patrocinadores. 


Voltando ao enredo do filme, a gente começa com um idoso Antonio Salieri desesperado tentando cometer suicídio e implorando por perdão por ter matado Mozart. Durante o filme, passamos a acompanhar a história dos dois e observar as diversas atitudes que Salieri toma para prejudicar seu rival na busca por um mecenas, até que finalmente consegue.


Ao final do filme, percebemos que Mozart enxergava o músico italiano como amigo, enquanto Salieri, apesar de anos sabotando seu colega de profissão na corte, possuía realmente uma relação de amor e admiração em relação a ele. Porém, mesmo extremamente arrependido de seus atos após dezenas de anos, já tinha feito muito mal à Wolfgang





Comentários