E por falar em saudade…

Formas de lidar com a saudade (se isso for possível)

Espero sinceramente que esteja lendo esse texto somente por uma questão de distância física. Espero que não tenha perdido um grande amor, por causas maiores, ou por conta de um término. Encontrar um amor é algo muito complicado, mas lidar com a perda desse está na lista das coisas mais difíceis da vida. 


Toquinho e Vinicius descreveram muito bem quando questionaram a saudade e perguntaram “(...) onde anda você? Onde anda os seus olhos que a gente não vê. Onde anda esse corpo? Que me deixou morto de tanto prazer(...)”. Na canção, tratam a saudade não somente como uma ausência física, mas também sentimental. 


Infelizmente não existe uma cura para a saudade. Mas existem formas de lidar e fazer com que essa não doa tanto. Uma das maneiras mais simples é se dar o direito de realmente sentir a emoção. Quando o choro vier, não segure, deixe-o livre para fluir pelo seu corpo.


Aceite o sentimento. Sim, a saudade pode ser um dos sentimentos mais difíceis de lidar, afinal aceitar que um momento ou uma pessoa pode nunca mais voltar é algo que, às vezes, não conseguimos nem encontrar a lógica. 


Entretanto, mesmo que difícil, é necessário entender que a saudade estando presente é um sentimento que comprova os momentos bons. Ela serve para relembrar de toda felicidade uma vez vivida, fazendo com que levemos conosco todos os bons momentos. 


Para que a dor um dia vire apenas lembrança, é preciso saber olhá-la nos olhos e enfrentar. Garanto que, depois de muito reviver e ser sinônimo de aperto no peito, um dia irá virar alívio de tanto amor que um dia coube.


Por isso, seja grato pelos bons momentos. Agradeça pela pessoa que te fez feliz e lembre-se dos bons momentos juntos e de forma saudável. Essa pode ser uma ótima alternativa para mudar o foco, e deixar a sua atenção concentrada nos bons momentos. 


É preciso normalizar a saudade. Ela pode ser sentida por muitos motivos, um breve romance, um amor, um companheiro, até mesmo um sugar daddy privacy. Entenda que seu sentimento é válido e legítimo.




 


Comentários