CONFIRA A PREVISÃO DO TEMPO COMPLETA PARA TODO O BRASIL, NESTA QUINTA-FEIRA DIA 04 DE AGOSTO DE 2022. 🌞🌥🌦⛈☂️🌈

CONFIRA A PREVISÃO DO TEMPO COMPLETA PARA TODO O BRASIL, NESTA QUINTA-FEIRA DIA 04 DE AGOSTO DE 2022. 🌞🌥🌦⛈☂️🌈



Frente fria se forma sobre o Sul e chuva aumenta no Nordeste.
Calor e secura do ar ainda predominam no Sudeste e no Centro-Oeste. Tarde de hoje pode ser a mais quente do ano inverno em São Paulo.
Áreas de instabilidade se intensificam sobre o Sul do Brasil, no Paraguai e no norte da Argentina e formam uma nova frente fria com um ciclone extratropical. As nuvens carregadas se espalham sobre os três estados da Região Sul nesta quinta-feira e chegam a fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.
Outras áreas de instabilidade se espalham sobre o norte e o leste do Nordeste, aumentando a nebulosidade e as condições para chuva até em áreas do sertão e o risco de chuva forte no leste da Paraíba e do Rio Grande do Norte.


Previsão do tempo para 04/08/2022 - quinta-feira (Brasil).
Uma frente fria avança sobre o Sul do Brasil e quase toda a Região tem um dia com muita nebulosidade e condições para chuva. O sol predomina só no norte do Paraná. O dia fica chuvoso na Campanha Gaúcha e no litoral sul gaúcho. Chove várias vezes no decorrer do dia nas demais áreas do Rio Grande do Sul, no oeste, centro e sul de Santa Catarina e no sudoeste do Paraná. Pancadas de chuva com raios são previstas à tarde e à noite no norte e leste de Santa Catarina e no centro, sul, leste, sudoeste e oeste do Paraná. Há risco de chuva forte nos três estados da Região Sul.


Quinta-feira no Rio Grande do Sul terá muitas nuvens, mas o sol chega a aparecer com nuvens, vento Norte e ar quente no Norte e no Nordeste gaúcho antes da virada do tempo. A chuva associada à frente fria atinge desde cedo cidades do Oeste, centro, sudoeste, noroeste, sudeste e do Sul gaúcho, avançando para as demais regiões com pancadas de chuva no decorrer do dia. Com o avanço da frente, a chuva será generalizada no estado do RS. A atuação de uma área de baixa pressão sobre o território gaúcho reforça o risco de temporais isolados de vento forte e granizo. Um cenário possível em diversas cidades do Rio Grande do Sul, inclusive na região de Porto Alegre, é a passagem de nebulosidade com chuva seguida de abertura do tempo com sol, nuvens, elevação da temperatura e abafamento, para depois voltar a chover novamente. Com isso, ambientes internos e externos podem enfrentar elevada umidade com pisos e outras superfícies molhados. A frente fria, ao progredir para Norte, deve perder muita atividade sobre Santa Catarina e o Paraná. Embora traga chuva nos dois estados, as precipitações serão irregulares e não choverá em todos os municípios. Ocorre que no fim de semana, novas áreas de instabilidade tendem a se formar sobre os dois estados com chuva mais ampla e até volumosa em alguns pontos. Há possibilidade de pancadas de chuva localmente fortes no deslocamento da frente fria pelo Rio Grande do Sul nesta quinta-feira. O risco de chuva localmente forte será maior principalmente em locais do Oeste, noroeste, sudoeste, do Centro e do Sul gaúcho, onde os mais altos volumes devem ser esperados.
O avanço da frente fria pelo Rio Grande do Sul durante esta quinta-feira será acompanhado de um centro de baixa pressão atmosférica que deve se aprofundar sobre o território gaúcho. Com isso, a instabilidade deve ser reforçada. Áreas de baixa pressão favorecem movimentos do ar ascendentes (convecção) com nuvens carregadas. Não se antecipa uma condição de tempo severo generalizado. Temporais podem ocorrer pela interação do ar mais quente e frio, a frente fria e a baixa pressão atmosférica, entretanto serão bastante localizados. Nestes eventos isolados, não se descarta granizo ou vento forte. O que deve ocorrer em muitas cidades é o registro de raios, junto com a chuva.


Na Região Sudeste do Brasil, esta quinta-feira tem sol forte, calor e baixa umidade. A aproximação de uma frente fria de São Paulo aumenta o vento quente da direção norte sobre São Paulo e faz mais calor do que nos outros dias da semana.

Muito sol, calor intenso e ar muito seco em quase todo o Centro-Oeste do Brasil. A umidade do ar fica abaixo do recomendado para a saúde e conforto humano na maior parte do dia. Uma frente fria aumenta a nebulosidade em Mato Grosso do Sul e chove na fronteira com o Paraguai.


Na Região Norte, esta quinta-feira é com sol e pancadas de chuva no Acre, no Amazonas, em Rondônia, em Roraima, centro-norte, nordeste e oeste do Pará e no Amapá. Nas demais áreas da Região, o sol predomina e a umidade do ar fica baixa em grande parte do dia.

No Nordeste do Brasil, o sol predomina e o tempo fica seco no oeste, centro, sul e norte da Bahia, no centro e sul do Piauí e do Maranhão. Alerta para dia chuvoso no litoral leste do Rio Grande do Norte. Em todas as outras áreas do Nordeste ocorrem períodos com sol e pancadas de chuva, que devem ser mais frequentes no Ceará, no Rio Grande do Norte, na Paraíba, em Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Alertas meteorológicos para 04/08/2022 - quinta-feira (Brasil).
Atenção para o risco de chuva forte nas capitais Porto Alegre, João Pessoa, Natal, Macapá, Belém, Boa Vista e Rio Branco.


Alerta para temporais no centro-sul do Rio Grande do Sul, no sertão da Paraíba e do Ceará, no oeste do Amazonas e no litoral do Pará.

Atenção para chuva moderada a forte no litoral leste do Rio Grande do Norte e no litoral da Paraíba.

Atenção para chuva frequente e moderada no sertão de Alagoas, no agreste de Pernambuco e litoral da Paraíba.

Atenção para chuva moderada a forte, com raios e rajadas de vento que podem ser fortes no centro-oeste do Rio Grande do Sul, região da Grande Porto Alegre e litoral norte gaúcho, no oeste do Paraná, no noroeste do Maranhão,  centro, sul e leste do Amapá, no centro-norte e centro-sul do Amazonas, em Roraima e no Acre.


Alerta para o ar muito seco, com níveis de umidade do ar entre 12% e 20% no Tocantins (exceto no norte do estado), em Goiás, no Distrito Federal, em Mato Grosso (exceto no noroeste do estado), em Mato Grosso do Sul (exceto no sul do estado), no Triângulo Mineiro e na faixa oeste de Minas Gerais, no centro, norte e no oeste de São Paulo e no norte do Paraná.

LUIZ METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA.

Comentários