ACUSADA DE CHEFIAR O TRÁFICO DO JACAREZINHO É PRESA NA PRAIA EM SAQUAREMA

ACUSADA DE CHEFIAR O TRÁFICO DO JACAREZINHO É PRESA NA PRAIA EM SAQUAREMA 

Sandra Helena Ferreira Gabriel, conhecida como 'Sandra Sapatão', estava foragida e foi detida por agentes da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod).

A Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) prendeu, no início da tarde desta sexta-feira (21), uma mulher acusada de chefiar o tráfico de drogas no Jacarezinho, favela na Zona Norte do Rio de Janeiro. Sandra Helena Ferreira Gabriel, conhecida como "Sandra Sapatão", foi detida em uma praia de Saquarema, na Região dos Lagos.

No último dia 6, a Polícia Civil fez uma operação no Jacarezinho que, após nove horas de confrontos, terminou com 28 mortos, entre eles o inspetor André Frias, de 48 anos, lotado na Dcod.

Os principais líderes do tráfico local escaparam do cerco. Desde então, agentes da Dcod tentaram identificar o paradeiro dos três. E descobriram que Sandra estava em uma casa da Região dos Lagos.

Hoje de manhã, os investigadores descobriram que ela estaria na praia e encontraram a mulher tomando sol.

Um dos agentes que prendeu Sandra foi um dos policiais feridos na ação do Jacarezinho. O inspetor Marcelo Fagundes, também da Dcod, foi atingido no braço direito.

2 ANOS FORAGIDA

Sandra estava sendo procurada há mais de dois anos e tinha três mandados de prisão.
Num dos inquéritos, ela é suspeita de ter participado de um tiroteio que resultou na morte do policial militar Michel de Lima Galvão, de 32 anos, durante uma operação no Jacarezinho, em 2017.

Em 2019, o Portal dos Procurados divulgou um cartaz com recompensa pelas três lideranças do tráfico da região. Além de Sandra Sapatão, o Jacarezinho é comandado por Adriano de Souza Freitas, o Chico Bento, e Felipe Ferreira Manoel, o Fred.

Com informações, Por Leslie Leitão, G1 Rio.


Comentários