POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM QUE USAVA DISTINTIVO E CARTEIRA FALSOS DE POLICIAL NO RIO

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM QUE USAVA DISTINTIVO E CARTEIRA FALSOS DE POLICIAL NO RIO

Fotos na Plantão Policial RJ 

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), após um minucioso trabalho de inteligência e monitoramento, capturaram WILTON NEVES DE OLIVEIRA, que se encontrava evadido do sistema prisional, onde cumpria pena pelo crime de Uso de Documento Falso.

WILTON vinha sendo investigado pela Polícia Civil pois, mesmo após ter sido preso por utilizar carteira funcional falsa, continuava se identificando como policial civil em diversos locais, fazendo uso de um distintivo falso, e portando simulacros de arma de fogo, inclusive se expondo em redes sociais como Inspetor de Polícia.

Com bases em dados de inteligência fornecidos pelo Setor de Busca Eletrônica, agentes do Núcleo de Capturas da DPCA se dirigiram ao Hospital Pedro Ernesto, onde localizaram e prenderam o evadido.

Posteriormente, foram realizadas buscas no interior de sua residência, onde foram localizados dois simulacros de pistola, um de fuzil, além de duas aves silvestres raras, que eram mantidas na casa sem licença dos órgão competentes, configurando a prática do crime previsto no artigo 29, §1º, III da Lei de Crimes Ambientais, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção, além de multa.

WILTON havia sido preso em 2014 em Campo Grande com dezesseis carteiras falsas de policial civil, simulacros de arma de fogo, cartões de crédito clonados e cheques falsificados.

Além disso, WILTON já respondeu criminalmente pelos crimes de estelionato, apropriação indébita de veículo e falsa identidade.

O autor será indiciado por crime ambiental e as aves serão encaminhadas aos órgãos de controle. Após a formalização dos atos, WILTON será reencaminhado ao sistema prisional, a fim de cumprir o restante da pena à que foi condenado.

Fonte: Eduardo Tchao/ Policial Civil RJ


Comentários