π™ˆπ™šπ™©π™šπ™€π™§π™žπ™©π™€ π™šπ™£π™˜π™€π™£π™©π™§π™–π™™π™€ 𝙣𝙀 π™Žπ™–π™–π™§π™– π™š́ π™’π™–π™žπ™¨ π™–π™£π™©π™žπ™œπ™€ 𝙦π™ͺπ™š 𝙖 π™₯𝙧𝙀́π™₯π™§π™žπ™– π™π™šπ™§π™§π™–, π™§π™šπ™«π™šπ™‘π™–π™’ π™˜π™žπ™šπ™£π™©π™žπ™¨π™©π™–π™¨

π™ˆπ™šπ™©π™šπ™€π™§π™žπ™©π™€ π™šπ™£π™˜π™€π™£π™©π™§π™–π™™π™€ 𝙣𝙀 π™Žπ™–π™–π™§π™– π™š́ π™’π™–π™žπ™¨ π™–π™£π™©π™žπ™œπ™€ 𝙦π™ͺπ™š 𝙖 π™₯𝙧𝙀́π™₯π™§π™žπ™– π™π™šπ™§π™§π™–, π™§π™šπ™«π™šπ™‘π™–π™’ π™˜π™žπ™šπ™£π™©π™žπ™¨π™©π™–π™¨

Cientistas revelaram que uma rocha vulcΓ’nica encontrada no deserto do Saara em 2020 tem aproximadamente 4,6 bilhΓ΅es de anos, ou seja, sua formação Γ© mais antiga do que a prΓ³pria Terra. Com isso, tornou-se o exemplar mais primitivo de magma do espaΓ§o jΓ‘ localizado, afirma um estudo recente, publicada no periΓ³dico PNAS, da Academia Nacional de CiΓͺncias dos Estados Unidos, neste mΓͺs.

O meteorito Erg Chech 002, ou EC 002, pode ter se formado a partir da crosta de um protoplaneta, ou seja, um grande corpo rochoso em desenvolvimento, conhecido como um "planeta bebΓͺ", que foi destruΓ­do. Outra possibilidade Γ© que ele tenha sido absorvido por planetas rochosos maiores durante a formação do sistema solar, informou o portal de notΓ­cias "Live Science" nesta segunda-feira, dia 8.

Entre os milhares de meteoritos de rochas vulcÒnicas, o EC 002, achado na Argélia em maio de 2020, se destacou na percepção dos pesquisadores, que classificaram-no como um acondrito, um tipo de meteorito originÑrio de um corpo com crosta e núcleo distintos. Após a comparÑ-lo com 10 mil objetos no banco de dados do Sloan Digital Sky Survey, a equipe, formada por especialistas de universidades francesas e uma japonesa, viu que ele era "claramente distinguível de todos os grupos de asteróides".

"Nenhum objeto com caracterΓ­sticas espectrais semelhantes ao EC 002 foi identificado atΓ© o momento", afirma a pesquisa.


ComentΓ‘rios